segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Descobrindo quem se é

O post de hoje ta completamente atrasado, mas não gosto de postar qualquer coisa. Tudo que posto aqui é feito com carinho e tem algum significado pra mim. Eu  tenho que estar feliz com o meu blog <3.
Bem, hoje eu saio da minha zona de conforto. Não é fácil escrever sobre algo que não conheço, me sinto pisando em ovos, mas vou tentar mesmo assim.
Hoje vou falar sobre se descobrir gay, sobre se libertar e reconhecer quem se é de verdade.
Fui conversar com a Sandy e pedi pra que ela sanasse algumas das minhas duvidas e me contasse como foi se perceber lésbica. Ela me contou super de boa e ainda deixou que eu colocasse aqui no blog. Vou colocar aqui alguns pedacinhos da conversa.

Sandy: "Primeiro é bom deixar claro que ninguém vira gay, a pessoa nasce gay. É como se eu tivesse nascido lagarta e depois virei borboleta. Mas claro que demorou pra eu perceber toda essa mudança comigo... Sempre fui refém do mundo machista e preconceituoso, era homem com mulher e ponto final. Mas nunca gostei de ser ponto final, queria ser mais que isso, queria descobrir as coisas, as pessoas, o mundo que estava ao meu redor... Eu só ficava com meninos, até que um dia, assim, de brincadeira, beijei uma garota. E acabei gostando e muito. Mas até que demorou pra eu beijar outras garotas, abrir minhas asas de borboleta e voar pro meu novo mundo. Acho que não existe idade pra se descobrir gay ou lésbica. A gente vai mudando aos poucos e quando vê já mudou completamente!"


Eu: "Como você contou pros seus pais?"


Sandy: "A parte de sair do armário é a parte mais dificil de qualquer homossexual. Mas é essencial ter coragem. Você tem que se mostrar firme nas suas escolhas sabe? Não tem que ter dúvidas. Deixei claro que era o que eu queria, eu sou o que sou, me amem assim. "Sou eu, a filha de vocês. Continuo a mesma, meu coração ama as mulheres, não sou nenhum bicho." É super barra pesada a não aceitação dentro da própria casa. Mas é preciso ter força. Força pra lutar, pra seguir em frente, levantar... Não há nada de errado comigo, nem com você. É normal. Mas é bom mesmo quando tudo se ajeita e os familiares te aceitam da maneira que você é."


Eu: "Demorou muito pra isso acontecer?"


Sandy: "Bom, eu comecei a namorar e comecei a ficar muito incomodada... Sabe quando parece que aquela vida não é sua? Parei e pensei... "Não é minha amiga, é minha namorada... Não sou atriz, sou mulher e não sou menos mulher que as outras mulheres só porque sou lésbica. Preciso me abrir, preciso contar pra eles, eles são a minha família, não posso mentir." Em um mês de namoro eu contei pra todo mundo!"


Eu: "Eu achei que tivesse sido super demorado. Fiquei pensando aqui, imagina se você não tivesse beijado aquela menina... Será que agora você estaria tão feliz assim?"


Sandy: "Um relacionamento gay é bem dificil sabe huahua as vezes muito feliz, as vezes pessima, mas eu to muito bem sendo eu mesma mostrando o que eu sou."

Eu adoro conhecer mais sobre outras pessoas, ver o mundo de outro jeito e aprender alguma coisa. A gente nunca sabe demais,  né? Depois que conversei com a Sandy fiquei pensando sobre isso de se descobrir e como é que eu vou saber se sou bi se nunca fiquei com uma menina? Não que eu queira isso agora, to feliz do jeito que estou, mas acho que se um dia rolar vou tratar com mais naturalidade. To me perguntando aqui será que outras meninas tem as mesmas dúvidas que eu? Será que tem gente se descobrindo por ai? Tem tanta coisa que eu não sei, tanta gente que eu ainda quero conhecer.
É isso ai gente! Espero ter feito a escolha certa de palavras. Beijinhos.


4 comentários:

Anônimo disse...

adorei rebeca... faça um post de moda agora! haha

Anônimo disse...

adorei rebeca mas vc nunca ficou com meninas quando era ainda pequena?
e sua irmã é lésbica?

Rebeca Costa disse...

Querido anônimo, esse é um espaço para que eu fale do que eu quiser, seja isso moda ou comportamento. Já que está tão interessado em um post de moda tem alguma sugestão?

Rebeca Costa disse...

Se eu fiquei não me lembro :( isso ai é com a juliana, se quiser mesmo saber fale com ela